Hora certa:
 

Notícias

Takeda abre diálogo sobre religiosidade e espiritualidade entre colaboradores e lideranças

Lançado em 2019, o Programa de Diversidade, Equidade & Inclusão (DE&I) da Takeda tem se consolidado a cada ano. A conquista mais recente do projeto foi a criação do Comitê Religiosidades e Espiritualidades, ao lado dos demais cinco grupos: Gênero, LGBTI+, Racial, Pessoas com Deficiência e Gerações. Além disso, a novidade, que partiu de uma sugestão de um colaborador, reforça a cultura da empresa.
 
“Valorizamos muito as contribuições de nossas pessoas e o diálogo aberto. Como uma empresa de 240 anos e valores sólidos desde a sua fundação, temos o intuito de ampliar a discussão e aprofundar o olhar a respeito das inúmeras possibilidades de exercer a religiosidade e a espiritualidade para que possamos, assim, oferecer um ambiente de trabalho ainda mais inclusivo, seguro, diverso e livre de discriminação”, destaca Renata Campos, presidente da Takeda no Brasil.
 
De acordo com Eliane Pereira, diretora de Recursos Humanos e embaixadora do Comitê Religiosidades e Espiritualidades da Takeda, a receptividade dos colaboradores foi excelente. “Este é o comitê com maior número de adesão. De um total de 131 inscritos para os seis grupos, tivemos 35 apenas para esse tema. E a primeira pauta já está definida: compartilhar com os profissionais da Takeda os diversos tipos de religiosidades e espiritualidades existentes para gerar conhecimento e melhor entendimento sobre os temas”, comenta Eliane.
 
Segundo o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, em 2019, foi registrado um crescimento de 56% nas denúncias de intolerância religiosa no Brasil. Estima-se que a falta de informação sobre as culturas religiosas pode ter aprofundado a questão no País1. Ao mesmo tempo, 40 grupos religiosos foram reconhecidos no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010, ano em que o último Censo foi realizado2.
 
Reconhecimento

A Takeda realiza, desde 2019, um intenso trabalho na busca por um ambiente inclusivo, seguro, diverso e livre de preconceitos por meio do Programa de Diversidade, Equidade & Inclusão. Reflexo desses esforços são as premiações conquistadas em 2021 como GPTW 50+, GPTW PCD e GPTW LGBTQI+.

Referências:
 
[list=1] [*]Jornal da USP. Último acesso em 14/06/2021. Disponível em: https://jornal.usp.br/atualidades/falta-de-conhecimento-sobre-outras-culturas-agrava-intolerancia-religiosa-no-brasil/ [*]Portal do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos do Governo Federal. Publicado em 22/01/2019 as 15h41 e atualizado em 22/01/2019 as 15h54. Último acesso em 14/06/2021. Disponível em: https://www.gov.br/pt-br/noticias/assistencia-social/2019/01/liberdade-religiosa-e-direito-constitucional-dos-cidadaos [/list]  

 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 34.231.247.88 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)