Hora certa:
 

Notícias

Sindusfarma firma acordo pioneiro com trabalhadores para incentivar a vacinação contra a Covid-19

Numa iniciativa pioneira, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos - Sindusfarma firmou com os sindicatos de trabalhadores das indústrias de produtos farmacêuticos um acordo pelo qual as empresas se comprometem a incentivar e promover ações de esclarecimento sobre os benefícios e a importância da imunização individual e coletiva contra a Covid-19, além de oferecer um ambiente saudável e seguro para seus colaboradores no contexto da pandemia do coronavírus SARS-CoV-2.
 
Celebrado com Fequimfar, Fetquim, FIP, Feprovenone e Sinprovesp nesta sexta-feira (8), o acordo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho terá vigência até 31 de março de 2023.
 
Com o objetivo de garantir a saúde coletiva e orientar o retorno às atividades presenciais, as empresas poderão exigir que seus trabalhadores apresentem o comprovante de vacinação. O comprovante de vacinação também poderá ser solicitado nas contratações promovidas durante a pandemia.
 
Recusa injustificada
 
Em caso de recusa da vacinação, sem justificativa médica e sem laudo clínico documentado, e não havendo a possibilidade de prestação dos serviços na modalidade de teletrabalho, a empresa poderá adotar medidas disciplinares legais, que podem chegar à justa causa, com fundamento na Lei 13.979/2020, na intepretação conferida pelo STF ao tema vacinação compulsória e nos termos do guia orientativo elaborado pelo Ministério Público do Trabalho.
 
Grupos de Trabalho compostos por representantes do Sindusfarma e dos sindicatos de trabalhadores vão discutir os detalhamentos das cláusulas do acordo pelo prazo de 90 dias.
 
Termo aditivo
 
Firmaram os termos aditivos à Convenção Coletiva de Trabalho referentes ao incentivo à vacinação contra a Covid-19:
Sindusfarma, Nelson Mussolini e Arnaldo Pedace;
Fequimfar - Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo, Sergio Luiz Leite;
Fetquim - Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico da CUT no Estado de São Paulo, Airton Cano;
FIP - Federação Interestadual dos Propagandistas, Luis Marcelo Ferreira;
Feprovenone - Federação dos Sindicatos de Propagandistas, Propagandistas-Vendedores e Vendedores de Produtos Farmacêuticos do Norte e Nordeste, Adriano Amorim Hora;
Sinprovesp - Sindicato dos Propagandistas, Propagandistas vendedores e Vendedores de Produtos Farmacêuticos no Estado De São Paulo, Antonio Botelho de Carvalho Filho.
 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.80.3.192 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)