Hora certa:
 

Notícias

No Sindusfarma, Anvisa afirma que RDC 208 vai dar previsibilidade e melhorar prazos

A convite do Sindusfarma, o gerente-geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Anvisa, Marcus Aurélio Miranda Araújo, orientou as empresas do setor sobre a Resolução RDC nº 208/2018, que simplifica procedimentos para a importação de bens e produtos sujeitos à Vigilância Sanitária.
 
"A Anvisa tem como objetivo principal dar previsibilidade para o setor e melhorar a questão dos prazos, focando mais em risco sanitário”, disse Marcus Aurélio no encontro realizado na quarta-feira (31), que lotou o auditório da entidade.
 
Incorporando várias sugestões do Sindusfarma, a RDC 208/18 contribui para a redução de custos de armazenagem e tempo de liberação de cargas da indústria farmacêutica em portos e aeroportos. A medida revisa e revoga vários itens da RDC nº 81/2008.
  
O encontro foi coordenado pela diretora de Assuntos Regulatórios do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Rosana Mastellaro, e contou com a participação de Ricardo de Nóbrega, gerente de Comércio Exterior da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e Cristiano Gregis, coordenador da Coordenação de Gestão da Informação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária da Anvisa.
 
Alinhamento

Em 2009, a entidade publicou o Manual de Comércio Exterior, que serviu de referência para que os postos de CVS/PAF de todo o Brasil alinhassem os requisitos regulatórios estabelecidos pela RDC 81/2008.
 
Em 2017, o Sindusfarma promoveu diversas reuniões entre as empresas associadas e a Anvisa,  encaminhando vários pleitos e contribuições para melhoria dos prazos, que  eram muito longos e comprometiam o setor farmacêutico, prejudicando o acesso da população a medicamentos e produtos para a saúde.
 
Em especial, a entidade apoiou e colaborou com a iniciativa inovadora da Diretoria de Monitoramento da Anvisa, dirigida pelo Dr. William Dib, relacionada à liberação remota e à proposta de revisão da RDC 81/2008.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 54.224.91.58 | CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)