Hora certa:
 

Notícias

Pesquisa revela que Brasil é o segundo no ranking do impacto da psoríase na qualidade de vida dos pacientes

Uma pesquisa internacional feita em 26 países (*), com 2.361 pessoas, entre homens e mulheres de 18 a 75 anos, incluindo o Brasil, avaliou a satisfação e as expectativas dos pacientes no tratamento da Psoríase moderada e grave e o impacto emocional da doença em seu cotidiano. Entre as principais constatações do estudo, realizado pela Hall and Partners, denominado Closer Together, destaque para o ranking das nações cujo pacientes relatam maior impacto da doença, no qual o Brasil ocupa a segunda posição, atrás apenas de Arábia Saudita.

 Analisando os dados do Brasil, 71% dos pacientes brasileiros afirmam ter um grande impacto negativo em sua qualidade de vida por conta da doença. Em relação às expectativas com o tratamento, a remissão completa das lesões de pele é a principal expectativa para 73% dos pacientes brasileiros. O trabalho global, que coletou dados em vários continentes, incluindo Europa e Américas do Norte e do Sul, revelou ainda que mais da metade (58%) dos brasileiros respondentes afirmam que a doença interfere negativamente em suas atividades profissionais. A pesquisa Closer Together ainda trouxe mais dados sobre os pacientes brasileiros que sofrem de psoríase. Em relação a tratamento, 72% afirmaram que tiveram a expectativa apenas parcialmente atingida. Outros 62% relataram ter um alto impacto da psoríase na vida social, enquanto 67% desejam voltar a ter uma vida normal. 

*Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Colômbia, República Tcheca, Dinamarca, França, Alemanha, Hungria, Itália, Reino da Arábia Saudita, Holanda, Polônia, Portugal, Romênia, Eslovênia, Coréia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça Taiwan, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido.

 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 54.234.228.185 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)