Hora certa:
 

Notícias

Game educativo no Dia Mundial do AVC

Em alusão ao Dia Mundial do AVC, a estação Clínicas do metrô, em São Paulo, foi palco de uma ação de conscientização sobre a necessidade de socorro rápido para vítimas de AVC. No local, as pessoas puderam participar de um game educativo batizado de “Que doença é esta?”. O objetivo foi fazer com que o público descubrisse, por meio de dez dicas que foram disponibilizadas durante um minuto, num painel gigante, qual foi a doença em questão. Nesses 60 segundos, na medida em que o tempo foi passando, um cérebro gigante, que esteve estampado bem no meio do telão, foi coberto, gradativamente, por uma sombra escura. A ideia foi mostrar o impacto do AVC, principalmente no que se refere a possíveis sequelas graves, caso o indivíduo não receba um atendimento emergencial adequado.

Com o apoio da Boehringer Ingelheim, a iniciativa faz parte da campanha “A Vida Conta – Cada minuto faz diferença”, que alerta ao grande potencial de comprometimento do AVC.  “A ação com o game serviu de desafio e, ao mesmo tempo, informou e educou as pessoas a saberem que o AVC é uma emergência médica em que a rapidez no atendimento é fundamental. No caso do AVC isquêmico, o que mais acomete a população, em cerca de 85% das vezes, um paciente não tratado perde, aproximadamente, 1,9 milhão de neurônios a cada minuto. Quanto mais tempo sem atendimento, maior a chance de sequelas graves, como dificuldades de movimentação, linguagem, comprometimentos visuais, de memória e até mesmo comportamentais, de acordo com a área do cérebro afetada. Ou seja, tempo é cérebro”, afirma Dra. Sheila Martins, neurologista e presidente da Rede Brasil AVC. 

 “Noventa por cento dos casos podem ser evitados com o controle dos fatores de risco, tais como pressão alta, diabetes, colesterol elevado, arritmias cardíacas, tabagismo, obesidade, sedentarismo e estresse. Além disso, é importante ressaltar que o AVC é uma doença tratável. Hoje, no caso do isquêmico, existe um medicamento injetável altamente eficaz. Estudos mostram que esse medicamento, chamado de trombolítico, quando usado no paciente, em até 4h30min após o início dos sintomas, pode desobstruir o vaso entupido e aumentar em 30% as chances desse indivíduo ficar sem sequelas do AVC”, explica o Dr. Octavio Pontes Neto, neurologista e Presidente da Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares.   

A Campanha “A Vida Conta”

A campanha “A Vida Conta – Cada minuto faz diferença”, é uma iniciativa da Rede Brasil AVC em parceria com a Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares, com o apoio da Boehringer Ingelheim.  












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 54.234.228.185 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)