Hora certa:
 

Notícias

Novartis promove evento com residentes de Cardiologia

Realizada pela farmacêutica Novartis, o evento #TrilhaCardio inova ao acrescentar aos formatos tradicionais de eventos médicos, além de estudos clínicos e dados científicos, conteúdo sobre gestão financeira, marketing médico e gestão de carreira.
 
Ao longo do encontro, a Insuficiência Cardíaca será tratada não só em palestras, mas em dinâmicas lúdicas e inovadoras realizadas ao ar livre, com a cara dos millenials. O evento será realizado nos dias 3 e 4 de maio, no Hotel Royal Palm Plaza, em Campinas, e a expectativa é reunir cerca de 100 residentes de todo o país. “Os residentes são o futuro da medicina e o objetivo do evento é justamente transformar esse grupo em influenciadores sobre o assunto, apoiando o desenvolvimento da carreira desse jovem profissional”, destaca Carolina Aldworth, diretora médica de Cardiologia da Novartis.
 
Um outro fator extremamente importante é "apoiar os residentes em questões não usuais, como entender melhor como exercer sua profissão, a atentar para habilidades essenciais como liderança, espírito de equipe, proatividade, empatia e excelência na execução de tarefas", como complementa Andréia Loures-Vale, Gerente Médica e responsável pela idealização e realização desse evento.
 
Os participantes do #TrilhaCardio vão participar de diversas atividades, desde avaliação de conteúdo científico até dinâmicas externas, e a equipe vencedora ganhará a ida ao Congresso Brasileiro de Cardiologia, considerado o principal fórum científico da área no país, que acontece em setembro em Porto Alegre (RS). Isso só é possível graças à parceria e apoio da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
 
Romeu Alves Ramos Júnior participou da primeira edição do evento, em 2018, e foi um dos contemplados para participar do Congresso. O médico relata a experiência: o modelo inovador do evento me surpreendeu, não é sempre que há um evento com foco em residentes. Além de desenvolver habilidade de gestão através das palestras e atividades, pude enriquecer meus conhecimentos sobre prática clínica, os quais foram cruciais para a minha carreira médica”, acrescentou.
 
Insuficiência Cardíaca em foco
 
A Insuficiência Cardíaca afeta aproximadamente três milhões de pessoas somente no Brasil1. E dados mostram que a prevalência da doença vem aumentando em todo o mundo2, tornando-se um grave problema de saúde pública3.
 
Além da alta prevalência, a IC é uma doença que tem grande impacto na qualidade de vida do paciente e alto risco de morte. Cerca de 50% dos pacientes não sobrevivem após 5 anos do diagnóstico4. De acordo com estudos, a IC provoca de duas a três vezes mais mortes do que cânceres avançados, tais como o de intestino e de mama5.
 
O paciente diagnosticado enfrenta repetidas internações e sintomas como falta de ar nas práticas de atividades físicas6, inchaços nos tornozelos e pés6, e tosse persistente7, que impactam a realização de atividades cotidianas e, consequentemente, na qualidade de vida8.
 
Do ponto de vista de saúde pública, a doença representa um peso importante e crescente para a economia, gerando uma perda de 22 bilhões de reais à economia do País, por custos no sistema de saúde e redução de produtividade1.
 
Para Carolina, o evento funciona contribui com o ecossistema da saúde brasileira. “O profissional de saúde fica mais motivado e habilitado a entender o paciente e as possibilidades de tratamento. Já o paciente, por consequência, torna-se mais empoderado, apropriando-se de informações sobre a doença, aderindo corretamente ao tratamento, estreitando a relação médico-paciente”, explica.
 Stevens B, Pezzullo L, Verdian L et al. The Economic Burden of Heart Diseases in Brazil. World Congress of Cardiology & Cardiovascular Health 2016 Poster code: PS023 2.        Schocken DD, Benjamin EJ, Fonarow GC, Krumholz HM, Levy D, Mensah GA, et al; American Heart Association Council on Epidemiology and Prevention; American Heart Association Council on Clinical Cardiology; American Heart Association Council on Cardiovascular Nursing; American Heart Association Council on High Blood Pressure Research; Quality of Care and Outcomes Research Interdisciplinary Working Group; Functional Genomics and Translational Biology Interdisciplinary Working Group. Prevention of heart failure: a scientific statement from the American Heart Association Councils on Epidemiology and Prevention, Clinical Cardiology, Cardiovascular Nursing, and High Blood Pressure Research; Quality of Care and Outcomes Research Interdisciplinary Working Group; and Functional Genomics and Translational Biology Interdisciplinary Working Group. Circulation. 2008;117(19):2544-65. Disponivel em http://www.scielo.br/pdf/ijcs/v30n3/pt_2359-4802-ijcs-30-03-0189.pdf. Acessado em 20/02/2019 3.     Bocchi EA, Marcondes-Braga FG, Bacal F, Ferraz AS, Albuquerque D, Rodrigues Dde A, et al. [Updating of the Brazilian guideline for chronic heart failure – 2012]. Arq Bras Cardiol. 2012;98(1 Suppl. 1):1-33. Disponivel em http://www.scielo.br/pdf/ijcs/v30n3/pt_2359-4802-ijcs-30-03-0189.pdf. Acessado em 20/02/2019 4.     Lloyd-Jones et al. Heart disease and stroke statistics--2010 update: a report from the American Heart Association. Circulation. 2010;121:e46-21510. 5.     P. Mease, et al. Subcutaneous Secukinumab Inhibits Radiographic Progression in Psoriatic Arthritis: Primary Results from a Large Randomized, Controlled, Double-Blind Phase 3 Study. Presented as a late-breaker at the 2017 ACR/ARHP Annual Meeting. November 7, 2017.] 6.     Coates LC, Kavanaugh A, Mease PJ et al. Group for Research and Assessment of Psoriasis and Psoriatic Arthritis 2015 Treatment Recommendations for Psoriatic Arthritis. Arthritis Rheumatol. 2016 May;68(5):1060-71. 7.     Diário Oficial da União (DOU), de 24 de janeiro de 2018. Edição 18 - Seção 1, p123. Portaria Nº 3, de 24 de janeiro de 2018 8.     P. Mease, et al. Subcutaneous Secukinumab Inhibits Radiographic Progression in Psoriatic Arthritis: Primary Results from a Large Randomized, Controlled, Double-Blind Phase 3 Study. Presented as a late-breaker at the 2017 ACR/ARHP Annual Meeting. November 7, 2017.] 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 54.81.220.239 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)