Hora certa:
 

Notícias

Pesquisa revela que grau de satisfação com medicamentos biológicos para tratamento da psoríase chega a 89% entre pacientes

Nova pesquisa, encomendada pela Novartis, avaliou o grau de satisfação de pacientes diagnosticados com psoríase em relação ao seu tratamento atual e o impacto da doença no seu dia a dia1. De acordo com o estudo, 68% dos participantes com psoríase e 62% dos que têm artrite psoriásica, afirmaram que a doença interfere muito na qualidade de vida. Porém, 89% dos respondentes disseram que teriam uma melhora emocional ou uma melhora na qualidade de vida, se o médico informasse que o medicamento utilizado não deixaria lesão na pele1.
 
O dermatologista Ricardo Romiti explica que a psoríase é uma doença dermatológica, que se manifesta por meio de lesões avermelhadas e descamação da pele. “A doença, que não é contagiosa, pode atingir qualquer região do corpo, porém as áreas as mais atingidas geralmente são tronco, braços, pernas e couro cabeludo2”, afirma Romiti.
 
Em média, os participantes da pesquisa receberam o diagnóstico de psoríase há cerca de 17 anos. Além disso, 64% deles disseram ter sido diagnosticados com a artrite psoriásica também1. “A artrite psoriásica pode causar inchaço, dor e rigidez nas articulações3, e, na maioria das vezes, aparece anos após o surgimento das lesões de pele. O diagnóstico precoce é imprescindível a fim de evitar complicações futuras3”, explica o médico.
 
Existem diversos tratamentos para a psoríase, variando desde o uso tópico de pomadas e cremes, tratamentos por via oral e a fototerapia, até o uso de medicações injetáveis (imunobiológicos). A prescrição de cada um deles varia de acordo com o tipo e a gravidade da doença (leve, moderada e grave)4,5.
 
Os participantes da pesquisa já passaram por outros tratamentos antes de iniciarem o atual com medicamento biológico, sendo que 90% deles já utilizaram medicamentos de uso sistêmico. O tratamento com medicamentos sistêmicos, segundo 72% dos respondentes, causou algum tipo de constrangimento ou limitação na pele. Em contrapartida, a satisfação geral com o novo tratamento com uso de medicamento biológico subiu para 89%.
 
Quando questionados sobre o que representa o sucesso do tratamento, 71% dos pacientes disseram que é ter uma pele sem lesões de psoríase e 60% dos pacientes com artrite psoriásica afirmaram que seria não sofrer com dores e inchaços nas articulações1.
 
Para Romiti, uma pele sem lesão é possível, mesmo nos casos mais graves da doença. “Já existem no mercado brasileiro opções de tratamentos biológicos capazes de proporcionar uma pele sem ou quase sem lesão em 8 a cada 10 pacientes com psoríase moderada a grave, segundo estudos clínicos já realizados6”, explica o especialista.
 
A pesquisa on-line foi realizada pela Ipsos no Brasil entre 04/01/2019 a 12/03/2019, com 178 pacientes de mais de 19 anos com psoríase e/ou artrite psoríasica, residentes de todas as regiões do país, e que fazem uso de medicamentos biológicos por três anos, em média.  – A margem de erro da pesquisa é de 7,3 pontos percentuais.
 
Com o objetivo de alertar a população sobre doença e suas possibilidades de tratamento, foi criada a campanha “Pele Sem Psoríase”, que conta com o apoio da ONG Psoríase Brasil. 
 
Referências
1 - Pesquisa “Percepção Anti-TNF”. Coleta de Dados realizada pela Ipsos no Brasil para a Novartis. Análise de Dados feita pela IPGPR.
2 - Sociedade Brasileira de Dermatologia. Psoríase. O que é. Disponível em: http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/psoriase/18/. Acesso em maio de 2019.
3 - National Psoriasis Foundation. About Psoriatic Arthritis. Disponível em: https://www.psoriasis.org/about-psoriatic-arthritis. Acesso em maio de 2019. 
4 - Sociedade Brasileira de Dermatologia. Consenso Brasileiro de Psoríase 2012 – Guia de avaliação e tratamento. Disponível em  http://www.ufrgs.br/textecc/traducao/dermatologia/files/outros/Consenso_Psoriase_2012.pdf. Acesso em maio de 2019.  
5 - National Psoriasis Foundation. Psoriatic disease: about psoriasis. Disponível em www.psoriasis.org/about-psoriasis. Acesso em maio de 2019.  
6 - EMEA - CHMP. Guideline on Clinical Investigation of Medicinal Products Indicated for the Treatment of Psoriasis. Disponível em http://www.ema.europa.eu/docs/en_GB/document_library/Scientific_guideline/2009/09/WC500003329.pdf  Acesso em maio de 2019.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.90.207.89 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)