Hora certa:
 

Notícias

Sandoz do Brasilem Cambé celebra 15 anos de produção

O complexo produtivo da Sandoz, divisão de genéricos e biossimilares do Grupo Novartis, em Cambé, interior do Paraná, completa quinze anos como referência global em qualidade e excelência em produção. Plataforma global da companhia, a unidade é a única fábrica de genéricos do Grupo Novartis na América do Sul, com 95% da produção destinada para o mercado nacional. Os 5% restantes são direcionados para países da América Latina e Europa.

À época da inauguração, foi um grande investimento industrial na microrregião de Londrina, no norte do Paraná. O desenho da planta e sua construção são diferenciais estratégicos: o posicionamento das etapas de processo foi cuidadosamente projetado para atender as exigências regulatórias de Boas Práticas de Fabricação da Anvisa.

São 298 mil m² de área total e 33 mil m² de área construída, com capacidade produtiva de mais de 2,5 bilhões de comprimidos e 100 milhões de caixinhas por ano. O centro produtivo é especializado em orais sólidos e produtos hormonais, sendo referência em produção de alta qualidade. “A localização na cidade de Cambé nos dá uma capacidade de resposta rápida, algo fundamental para um mercado dinâmico como o de genéricos no Brasil”, avalia Bruno Petenuci, diretor da fábrica.

Os números expressivos mostram a evolução da fábrica de Cambé e seu papel decisivo no desenvolvimento da economia local. Hoje, a fábrica gera mais de 450 empregos diretos e 228 indiretos, entre farmacêuticos, químicos, administradores, economistas e outros profissionais.

Trajetória ascendente – Nos últimos cinco anos, a fábrica registrou um aumento no volume de produção de 38% e a produtividade por colaborador cresceu 51%. “Esse aumento é decorrente dos investimentos em novas tecnologias e da cultura em excelência operacional com foco na melhoria contínua, na segurança e qualidade”, afirma Petenuci. “A companhia tem o compromisso com boas práticas de fabricação e isso permeia todo o trabalho na fábrica”, complementa.

Os resultados decorrem das recentes apostas em novas tecnologias. Em se tratando de investimentos, apenas a linha de produção inaugurada em 2017 ampliou a capacidade de produção de medicamentos genéricos em 25%. De 2014 a 2018, o ciclo de aplicações para a melhoria da planta industrial superou os R$ 61 milhões.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 34.237.51.35 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)