Hora certa:
 

Notícias

Pesquisa de cientistas da Nestlé Research abre novas perspectivas para combater a sarcopenia

Cientistas da Nestlé Research, em parceria com o EpiGen Global Research Consortium, obtiveram novas ideias sobre os mecanismos moleculares que levam à sarcopenia, uma doença muscular relacionada à idade. Os resultados foram publicados na Nature Communications e demonstram o papel central das mitocôndrias na sarcopenia.

O estudo faz parte de um trabalho multicêntrico chamado MEMOSA (determinantes moleculares multiétnicos da sarcopenia humana, na tradução para o português) e abre novas oportunidades para estratégias nutricionais com foco na melhora da função muscular, impedindo o envelhecimento em nível celular. A sarcopenia é uma perda progressiva da massa muscular e da força relacionada à idade e contribui de forma importante para a fragilidade. Está associada a um risco aumentado de quedas e fraturas ósseas, levando à perda de independência e redução da qualidade de vida na população idosa, além de aumentar a carga de cuidados de saúde.

Os pesquisadores compararam tecido muscular de grupos de homens mais velhos com sarcopenia em diferentes geografias e procuraram variabilidades que podem explicar por que algumas pessoas desenvolvem sarcopenia e outras não.

"As causas da sarcopenia são multifatoriais, e compreender os mecanismos gerais responsáveis ​​pela perda de massa e força muscular é essencial para projetar intervenções que mantenham a mobilidade das pessoas idosas", explica Eugenia Migliavacca, cientista da Nestlé Research e primeira autora do estudo.

Independentemente da região e geografia, o músculo de indivíduos que sofrem de sarcopenia mostra uma atividade reduzida da maquinaria celular produtora de energia, essencial para manter a massa e a força muscular. A disfunção das mitocôndrias, a organela celular que alimenta as fibras musculares, convertendo alimentos em energia, é o fator de influência mais forte que leva à sarcopenia. O estudo também mostra que pessoas com sarcopenia têm nível reduzido de NAD +, uma molécula crítica para a função mitocondrial, atuando como um sensor dos níveis de energia celular e regulando a produção de energia.

Segundo Jerome Feige, head de saúde músculo-esquelética da Nestlé Research e um dos principais autores do estudo, as mitocôndrias desempenham um papel fundamental na manutenção de nossa saúde durante o envelhecimento. "Estamos investigando uma gama de nutrientes derivados de alimentos que suportam mitocôndrias restaurando os processos celulares que declinam durante o envelhecimento. Nossos novos resultados demonstram o papel central das mitocôndrias na sarcopenia e abrem novas oportunidades para estratégias nutricionais para melhorar a função muscular, impedindo o envelhecimento no nível celular ".

.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.230.119.106 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)