Hora certa:
 

Notícias

Tumores do aparelho digestivo entre os mais prevalentes na estimativa do INCA para os próximos três anos

Segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA), publicadas em 4 de fevereiro, serão 625 mil novos casos de câncer ao ano, para o próximo triênio (2020-2022). Entre os tipos mais frequentes, os tumores do aparelho digestivo nem sempre são conhecidos pela população em geral: são os casos do câncer colorretal, câncer de esôfago e câncer de estômago.

A Federação Brasileira de Gastroenterologia reitera a necessidade da adoção de hábitos saudáveis como meio de prevenção e, principalmente, ressalta a importância do diagnóstico precoce para melhorar a eficácia do tratamento dos cânceres que acometem o aparelho digestivo. “A efetividade do tratamento da doença e as chances de cura estão diretamente relacionadas ao diagnóstico precoce.”, conta Joaquim Prado, responsável pelo setor de comunicação da FBG e professor de gastroenterologia da FMUSP.

O câncer de esôfago é responsável por 8,32% dos cânceres em homens e 2,49% em mulheres, segundo as estimativas do INCA. O tabagismo e o alto consumo de álcool são os principais fatores de risco. No caso do câncer de estômago, com 12,81% em homens e 7,34% em mulheres, o aumento de gordura corporal e a nutrição inadequada podem potencializar as chances de desenvolvimento de tumores gástricos.

Já o câncer colorretal é o segundo mais prevalente em homens com 19,63% atrás apenas do câncer de próstata. Nas mulheres, representa 19,03% atrás apenas do de mama. “Este tipo de câncer é altamente curável se as lesões forem diagnosticadas precocemente a partir de métodos de rastreamento, como o exame de colonoscopia, por exemplo”, reforça Prado. “Como sempre instruímos os pacientes, o câncer colorretal dificilmente apresenta sintomas iniciais e, por isso, da importância de se fazer exames preventivos. Quando as lesões ou pólipos são encontrados ainda prematuros, pode-se removê-los, em sua maioria, antes de se transformarem em cânceres”, finaliza.
 
 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.230.119.106 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)