Hora certa:
 

Notícias

Como doenças virais mexem com o psicológico das pessoas?

No mundo moderno, as doenças virais se propagam na velocidade da luz. O coronavírus levou apenas alguns dias para cruzar as fronteiras da China e avançar para outros países, isso acontece pelo alto grau de contágio do vírus, bem como a facilidade de locomoção das pessoas pelo planeta.

No entanto, a falta de informação ou excesso de notícias sensacionalistas causam pânico na população, que sai desesperada a procura de álcool gel e máscaras descartáveis para se “proteger” da doença. Essa é a primeira reação psicológica que a pandemia causa: o medo. “Sentir medo é saudável, ele é um mecanismo de defesa, uma reação natural que visa minimizar riscos e preservar a vida. O pânico não é uma reação saudável e pode transformar em um agente paralisador ou desencadear decisões impensadas. Por esse motivo, o equilíbrio emocional é tão importante para gerir qualquer crise”, afirma a psicóloga Ana Beatriz Cintra.

Uma pandemia também pode provocar outros transtornos como ansiedade e TEP (transtornos pós-traumático) ou TAG (transtorno de ansiedade generalizada). Tardiamente, em menor grau, pode ocorrer a depressão por estresse.

É importante orientar-se e informar-se corretamente sobre o coronavírus. Ele é contagioso sim, no entanto, afeta com mais gravidade pessoas com doenças crônicas e idosas.

É importante manter bons hábitos de higiene. Evitar colocar as mãos na boca, olhos e nariz. Ao espirrar, usar lenços descartáveis ou antebraço. Manter distância segura de 2 metros de quem espirra também é aconselhável. E, o mais importante: permanecer equilibrado para tomar as melhores decisões.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 34.239.172.52 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)