Hora certa:
 

Notícias

Eurofarma assina acordo com Hypera e adquire operação da Takeda na AL

A farmacêutica Eurofarma assinou um acordo com a Hypera para a compra da antiga operação da América Latina da Takeda, à exceção do Brasil, por US$ 161 milhões. Esses ativos foram recém-adquiridos pela Hypera no início do mês. Segundo comunicado da Eurofarma, o portfólio conta com 12 medicamentos, entre próprios e licenças, de venda livre e de prescrição médica, que somam US$ 38 milhões em faturamento.

“O movimento está em linha com o plano estratégico da organização, com o objetivo da Eurofarma tornar-se um competidor regional relevante, e com a meta das receitas internacionais representarem 30% até 2022. Adicionalmente, contribui para a ampliação do portfólio exclusivo da companhia, já que alguns produtos estão protegidos por patente”, informou o comunicado.

Atualmente, o faturamento da companhia é de R$ 5,4 bilhões, sendo que a operação internacional representa 17% dessa receita. A Eurofarma está em 20 países da América Latina. Segundo a companhia, ainda não há definição se os recursos para a aquisição serão obtidos do seu caixa ou se haverá contratação de empréstimo junto aos bancos e nem se haverá contratos de hedge para a operação.

“A aquisição está em linha com nossa estratégia de expansão internacional através de aquisições e este também é um importante passo para termos uma plataforma robusta no México, segundo maior mercado da região”, disse, por meio de nota, Maria Del Pilar Muñoz, vice-presidente de Sustentabilidade e Novos Negócios.

Segundo uma fonte do mercado, a negociação de compra pela operação latino-americana da Takeda aconteceu quando a Hypera fazia a oferta pelos ativos da farmacêutica japonesa. “Os bancos já ofereciam esse acordo. Eles [Eurofarma] não queriam comprar a operação no Brasil e queriam costurar um acordo com o vencedor”, disse a fonte.

O interesse maior pelos antigos ativos da Takeda está no México, que responde por 95% das vendas do portfólio adquirido. “Nesse mercado, como prevê o acordo, a Eurofarma absorverá parte do time comercial da Takeda, de aproximadamente 80 colaboradores com atuação na propaganda médica”, informou a companhia.

Com menor representatividade, a transação contempla ativos na Argentina, Equador, Panamá e Peru, com destaque para a Neosaldina na Colômbia. “A conclusão desta transação depende da aprovação de autoridades reguladoras”, informa o comunicado da Eurofarma.

A Hypera comprou a operação total da Takeda na América Latina no dia 2 de março por US$ 825 milhões. A companhia submeteu o negócio à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade) e espera a aprovação para o segundo semestre deste ano. Somando as receitas da família Buscopan e da Takeda, a Hypera passa a deter R$ 5,8 bilhões, segundo dados da IQVIA, e será a maior farmacêutica no mercado brasileiro.

Segundo comunicado da Hypera, a venda está alinhada com a estratégia de focar no mercado farmacêutico brasileiro, e “está sujeita a certas condições precedentes estabelecidas no contrato.”

Fonte:: Valor Econômico












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 34.239.172.52 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)