Hora certa:
 

Notícias

Prati-Donaduzzi mantém investimentos e projeções mesmo diante da crise mundial

A crise sanitária que o mundo está enfrentando tem evidenciado um cenário atípico e cheio de desafios. Ainda que, os efeitos da Covid-19 atinjam os setores econômicos, a farmacêutica Prati-Donaduzzi anunciou que continua a buscar por alternativas para enfrentar o momento e mantém seu planejamento estratégico.

A indústria conta com uma série de investimentos com o objetivo de aumentar a capacidade produtiva e seu portfólio de produtos. Entre as ações está a modernização do parque fabril, com a aquisição de novos equipamentos de alta tecnologia, a construção do novo Centro de Distribuição e também planeja a construção de uma nova unidade de produção.

As dimensões do crescimento e inovação são evidenciadas por meio dos investimentos que somam R﹩ 650 milhões, anunciados no início do ano e que se confirmam. "Mesmo com a pandemia, nós continuamos acreditando no potencial do país e do mercado farmacêutico. Não reduzimos os nossos investimentos previstos", destaca o diretor-presidente da Prati-Donaduzzi, Eder Fernando Maffissoni.

Recentemente, chegaram à farmacêutica 17 contêineres com equipamentos de última geração de origem alemã. Para os próximos dias está previsto o recebimento de uma linha completa de embalagens de tecnologia italiana totalmente automatizada e de alto desempenho.

Esses equipamentos fazem parte da primeira etapa do projeto para o aumento da capacidade produtiva e modernização das plantas atuais. "Estamos trabalhando em ritmo acelerado, todos os turnos, 24 horas. Temos que expandir. Somente neste primeiro momento investimos R﹩ 40 milhões em equipamentos", salienta o diretor-presidente.

Obras a todo vapor

Para acompanhar esse crescimento, a farmacêutica investe também em um novo Centro de Distribuição. Localizado no complexo do Parque Científico e Tecnológico de Biociências (Biopark), avança nas obras. A nova estrutura será utilizada para armazenar os produtos finais com destino às filiais e Centros de Distribuição próprios espalhados pelo Brasil. A previsão é que as obras sejam concluídas até o final deste ano.

"A estrutura contará com mais de 14 mil metros quadrados, abrigará aproximadamente 17.500 posições de palletes e contará com cerca de 130 colaboradores", detalha Maffissoni.

Geração de emprego

A Prati-Donaduzzi é referência em medicamentos no Brasil pela sua excelência na produção, qualidade dos produtos e, principalmente, pelos investimentos em pessoas. Mesmo com a pandemia, a indústria continua com os processos seletivos, respeitando todas as normas de segurança dos órgãos de saúde.

"Atualmente o Grupo Prati-Donaduzzi gera mais de 4.400 empregos diretos e estão previstos novos postos de emprego devido aos nossos crescentes investimentos e crescimento", prospecta.

Produção

A instabilidade sanitária e econômica também impactam na farmacêutica, porém, ciente de seu importante papel na sociedade neste momento onde medicamentos são essenciais, a Prati-Donaduzzi adotou medidas para manter a produção e principalmente, a segurança e cuidado de seus colaboradores.

"Desde janeiro adotamos protocolos de prevenção e avançamos acompanhando todas as medidas recomendadas pelos órgãos de saúde. Tudo para garantir ainda mais saúde para quem faz do seu trabalho a missão de produzir medicamentos de qualidade", finaliza o diretor-presidente.

Material enviado pela Prati-Donaduzzi
 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.235.22.210 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)